quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Esperar não é fazer


Como muita gente deve ter percebido, interrompi as postagens de textos no meu blog por motivos tão claros quanto a água: fim de ano de estudo, parada obrigatória nas discussões. Então, pra deixar sempre o círculo quente de informação girando, vou me jogar aqui pra mudar um pouco a cara sisuda do maisumsermulticelular.

Primeiramente, vamos citar os fatos mais recentes. Após ter exorcizado 2009 e prometido fazer de 2010 o melhor ano de todos, as coisas começaram a vir em minha direção. Em pequena escala, claro, mas fez uma notável diferença no meu humor. E eu nunca poderia ter uma amiga tão sortuda com previsões quanto a Manie. Numa tacada só ela conseguiu acertar a data que eu tomaria o avião e cruzaria a fronteira estadual pra encontrá-la sobre lagriminhas e pompons coloridos sacolejantes ao ar no pátio de uma rodovária paulista. Santos é uma cidade atraente, onde pude ter os meus primeiros passeios turísticos dentro de um bonde ou na ciclovia matadora de velhinhos. Chique, não?

Pois bem, como alegria de pobre dura pouco, voltei para minha casinha no Rio após dez dias de estadia no lar de uma família feliz e um cachorro ciumento. Mas, quem sabe, eu não teimo e realizo meu sonho de vê-la pela segunda vez? E que não sejam mais dois anos pra isso acontecer, heim.

Atualmente, eu procuro esfriar a cabeça, fazer coisas que me alegram. Afinal de contas, esse ano tudo muda radicalmente para mim. Sem draminhas, mas vamos enumerar as transformações mais aparentes. Mudança de cidade; morar sozinho; me locomover pra cima e pra baixo numa metrólope maluca; cursar jornalismo sem saber se conseguirei me adaptar ao curso ou às pessoas; deixar para trás uma posição de adolescente confortável em seu computador; e deixar alguém que eu já considero um irmão pra mim para trás também. Então, de certa forma, eu, que nunca fui muito aventureiro, assumo estar com medo e aflito para novos desafios, sejam quais forem. Mas, por equanto, quero deixar aqui as pessoas sabendo que as continuo amando, seja onde for.


Ok, esse não pode ser o melhor post desse blog, pode ter sido um lixo, mas o recado está dado e do futuro eu tomo conta!


Beijos.

4 comentário:

Erica Ferro disse...

Olha, que você veja a Manie queridona de novo num futuro não muito distante.
Que você encare essas novas coisas de frente e, o melhor, sem meeeeedo, hehe.
Sei que tu se adaptarás a essa nova vida e serás feliz cursando o tão sonhado jornalismo.
Torço muito por ti, tu sabes.

Beijo.

Karoline Freitas disse...

Ah, Tadeu, sem medos. Acho que tudo que deu certo até aqui poderá dar mais certo ainda. Você só precisa ter fé e nunca querer parar, bem como eu preciso aprender a fazer as mesmas coisitas!
É nessa hora que vislumbramos o passado com uma nostalgia. É dor com intusiasmo, e muita, muita ansiedade!
O que eu realmente quero que saibas é que nunca estaremos sozinhos nessa jornada. Teremos a companhia de Deus, dos pais, e é claro dos amigos que conquistaremos!
Espero poder ser tua amiga sempre!
E assim vamos crescer na vida e no talento que nos foi predestinado! kkk Eu acredito em destino e que ele nos faça o que quiser!
Siga em paz seu caminho e sempre com determinação..e se cair? Chame-nos, estaremos prontos para socorrê-lo!
Abraço!

Paty Mattos disse...

Queridos,


segue o meu novo blog. Para quem não sabe o Gabriel Pinho, meu namorado, é casado e nunca tinha me dito nada. Veja a confusão no blog que criei, comente e divulgue.

http://gabrielpinhomesacaneou.blogspot.com/

Bjs

Princesa Fallon disse...

Amigo,as mudanças serão grandes, disso ninguém dúvida, mas confio que você conseguirá levar tudo isso numa boa. Você é um menino maravilhoso, inteligente, boa praça como você não tem porque ter medo de um futuro tão promissor. !!

Postar um comentário